Edição atual

v. 1 n. 6 (2016): (COMPSULMT)

O VI Congresso de Computação do Sul de Mato Grosso (COMPSULMT 2016), com tema "Interação entre Academia & Indústria", é um evento nacional com conceito macro, em que diversas atividades deverão ser realizadas em paralelo, no período de 14 a 18 de novembro de 2016, nas dependências da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Rondonópolis/MT. Dentre as atividades mencionadas, tem-se os Subeventos e os Eventos Conjuntos.

O COMPSULMT foi realizado pela primeira vez em 2005, sendo uma proposta do prof Dr Gilleanes Thorwald Araujo Guedes de evento nacional ocorrendo em Rondonópolis/MT e organizado pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) com o apoio de Instituições parceiras. O prof Gilleanes coordenou quatro edições do evento (2005, 2006, 2007 e 2013) e a prof. Dra Mara Andrea Dota coordenou a edição 2008. Há três anos o evento não foi realizado e esse ano a ideia é realizá-lo em conjunto com evento anual de peso no Estado, que é a Escola Regional da Sociedade Brasileira de Computação (ERI-MT). Nas edições anteriores do Congresso, contou-se com o apoio das instituições parceiras Centro de Ensino Superior de Rondonópolis – CESUR (atual Anhanguera) e União das Escolas Superiores de Rondonópolis – UNIR/FAIR (atual UNIC), as quais continuam como parceiras nessa 6ª edição do Congresso, agregando ainda a parceria o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT)/Rondonópolis.

Todas as edições anteriores do evento contaram com a participação de estudantes oriundos de Instituições de ensino da cidade, como de Instituições de fora, como da UFMT – Câmpus de Cuiabá e Câmpus de Barra do Garças, e dos diferentes Câmpus da UNEMAT, além de participantes vindos de outras partes do país que tiveram trabalhos aprovados no evento. Esses eventos obtiveram um público crescente ao longo de suas edições, atingindo uma média de 300 participantes a cada ano e gerando publicações dos trabalhos aprovados em Anais.

O objetivo do Congresso é promover aos participantes, à equipe organizadora, aos parceiros, aos convidados externos e aos apoiadores/patrocinadores oportunidade para interação, atualização, articulação entre academia e indústria, e formação de projetos conjuntos. Dentre os objetivos específicos pretende-se: divulgar ações de ensino, de pesquisa e de extensão, de cunho prático, realizadas pelas Instituições de Ensino da cidade; buscar oportunidades de estágio e/ou de emprego para os estudantes da área; propiciar ambiente para discussão de tópicos de interesse entre Graduação e Pós-Graduação (de outros Estados ou de outras áreas de conhecimento); promover a atualização de estudantes e de profissionais em tecnologia para aplicações diversas; evidenciar os talentos em programação dentre os estudantes para valorização na indústria; fortalecer a escola regional no Estado como evento oficial do calendário anual da Sociedade Brasileira de Computação (SBC); garantir a participação ativa de estudante na organização do evento macro, bem como na organização autônoma do II ENSI; e, proporcionar discussões sobre a aplicabilidade na indústria de variados conceitos teóricos da academia.

Publicado: 2016-12-05
Ver Todas as Edições